Rua do Xisto nº 150,
4475-509 Nogueira Maia

(351) 965 763 788
geral@centroanastacia.com

Qualificações de um Terapeuta de Reiki

| |
Escrito por Sérgio Silveira

Autor: Sérgio Silveira, fundador da Anastácia Centro Terapias Alternativas e Presidente da APRE Associação Portuguesa de Reiki Essencial. Direitos de autor protegidos pela lei internacional. Em caso de descobrir textos deste site que tenham sido copiados, e não tenham a sua origem no final, faça o favor de nos contactar para o e-mail.

Qualificações profissionais

É difícil em Portugal poder ter garantias das qualificações profissionais dos terapeutas de Reiki, porque a terapia Reikiana não está regulamentada no nosso país. Acredito que devem ser as associações, as primeiras a realizar algum trabalho nesse sentido, para que depois se exija a regulamentação às instituições competentes. A APRE Associação Portuguesa de Reiki Essencial está nestes últimos tempos a criar e a aconselhar a sociedade portuguesa onde se encontram todos os terapeutas profissionais qualificados reconhecidos por esta associação.
 
Para saber se algum terapeuta que esteja a dar consultas ou cursos conste do registo nacional, contacte a APRE Associação Portuguesa de Reiki Essencial em Portugal. Temos que ir diretamente ao ponto essencial neste artigo, porque as pessoas que ingressam no campo das terapias naturais e os cidadãos que são atendidos por estes profissionais precisam conhecer o que é verdadeiro e o que é falso em termos legais na nossa profissão. As terapias não-convencionais fazem parte das profissões ligadas à saúde pública e o estado Português, na nossa avaliação, não possui uma legislação que contemple devidamente a mesma. A carência desta legislação é o que abre espaço para situações complicadíssimas e que precisam de uma firme postura da parte das autoridades. Os terapeutas envolvidos devem frequentar diversas ações de formação promovidas pelas associações de Reiki ou outras consideradas de interesse para a melhoria da qualidade do seu desempenho.
 

Garantia de qualidade

Os tópicos seguintes são conselhos ilustrativos do que um paciente poderá procurar num terapeuta de Reiki, para que possa garantir que a sua sessão tenha um resultado profissional satisfatório. Tendo em atenção que existem já bastantes terapeutas e não havendo ainda alguma inspeção sobre o trabalho dos mesmos, o cliente pode seguir sempre determinados conselhos, em caso de dúvida. Primeiro deve procurar um terapeuta que seja recomendado por alguém que já teve prática com o mesmo, ou falar com o terapeuta sobre como procede na sua prática.
 
Verificar se o terapeuta segue algum código de ética profissional, autoregulamentador, ou é associado da APRE Associação Portuguesa de Reiki Essencial - e estes estão obrigados ao cumprimento do Código de Ética Profissional da mesma. É muito importante colocar todas as devidas questões sobre a prática ao terapeuta e caso obtenha as respostas satisfatórias das mesmas, pode ser um indicativo de alguém que possui experiência no ramo. A qualidade de garantia que os terapeutas de Reiki possam dar a quem procura os seus serviços, são principalmente os anos de experiência que determinam a sua aptidão.
 
Qualquer bom terapeuta para começar a trabalhar na cura aos outros, necessita pelo menos de seis meses de prática antes de começar a tratar alguém. Para que a satisfação da necessidade energética seja feita corretamente, esse tempo é adequado de forma a não provocar insatisfação no paciente. Assim, tendo em consideração que os pacientes são cada vez mais exigentes relativamente aos serviços prestados, o terapeuta deve também assegurar que possui o tempo necessário e o acompanhamento certo para começar a desenvolver as curas aos outros, e adapta-lo às necessidades das pessoas que recorrerão ao serviço. O terapeuta de Reiki deve obrigatoriamente possuir os seguintes dados:
 
1. Informação do preçário em local bem visível.
2. Mostrar claramente a linhagem do seu Reiki.
3. Não influenciar a pessoa na compra de produtos ou ervas naturais.
4. Estar sempre disponível dentro do seu tempo às questões e opiniões do paciente.
5. Possuir claramente um local arrumado e bem organizado.
6. Ser associado ou membro de alguma associação de Reiki onde possa ter informações sobre o próprio terapeuta.
7. Livro de reclamações.
 
O código de ética profissional e a metodologia do tratamento no Reiki visa na simplicidade e no desenvolvimento dos tratamentos, através de um serviço de qualidade, mas em paralelo o terapeuta deve implementar a recetividade das críticas e sugestões de melhoria, a abertura à mudança, a ética, a transparência, o rigor, a avaliação e o controlo. A qualificação permanente dos terapeutas também é um requisito a atingir para que a qualidade do serviço prestado se mantenha e possa evoluir para melhor. 
 

 

 
 
 
 

Comentários   

0 #1 Joana Andrade 16-06-2017 19:30
Já fiz reiki em vários locais e muito poucos cumpre com o essencial de informação. Este local é o qual aconselho os meus amigos a visitarem pessoalmente, pois tem tudo muito bem organizado e claro.
Citar

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Categoria: